Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Confession quotes

por Saltita, em 29.05.12

Interessante a perspectiva das coisas improváveis.

É uma fé cobarde

suspensa entre o provável e o irreal

E neste entretanto há quem escolha ver a peça 

sem nunca se tornar personagem 

e apenas e talvez por isso

nunca se torne verdadeiro em parte alguma e muito menos dentro de si próprio

 

 

 

 

publicado às 19:32

É a loucura!

por Saltita, em 27.05.12

Está quase, quase...

Como diz este rapaz " se nao os sentes tremer é porque nao está a acontecer!"

Adorei a teoria das chaves de fenda,mas retenho a ideia dos gatos pretos!

 

Procurar gatos pretos, em quartos escuros, onde nao há gatos pretos e...

 

ENCONTRÁ-LOS!

 

publicado às 21:49

It's a kind of magic

por Saltita, em 25.05.12

Algo maravilhoso está para acontecer. Tenho um dedo que adivinha...me aguardem!

publicado às 21:54

Saltita since 1975

por Saltita, em 16.05.12

Sim, fiz aninhos. Eu sei que o facebook ajuda, mas mais de 100 pessoas tiraram pelo menos um minuto das suas vidas para me desejar um feliz aniversário. Pessoas que conheço há muito e há pouco tempo, pessoas que nunca vi pessoalmente mas que sinto conhecer, outros que há muito nao vejo mas que moram no meu coração e alguns com quem tenho o prazer de partilhar os meus dias. Em várias partes do mundo. Em várias línguas. Familia do coração, familia de sangue e família de alma. 

Isto poe-me a pensar que os encontrei a todos, em momentos diferentes e que todos de certa contribuiram para a pessoa que sou hoje. Todos escreveram nem que fosse uma frase do livro da minha vida. Sem eles eu seria uma página em branco. Vou ver melhor quem sao os meus autores e agradecer-lhes pela história que estamos a escrever. 

 

publicado às 08:03

A Fisica da busca

por Saltita, em 13.05.12

Estas ausencias nao significam que esteja longe

Significam que estou a crescer noutro lugar

Vou ser a mesma mas estou a mudar para ser um melhor eu

 

Cresci muito neste blog

mas ele é a minha zona de conforto

tive de sair para depois voltar com algo maior para dar

 

Hoje vim aqui matar saudades

e lembrar quem me le

que estou a plantar sementes 

para que este fruto seja visto pelo mundo que o precisa 

de ler

 

Oiçam esta música só mais uns tempos e sintam a magia das palavras que caem por entre os sons

Sao um bocadinho de mim que vos deixo enquanto estou noutro lugar

Até breve...

 

nota: peço desculpa pelos erros, mas tenho um teclado novo e misterioso!

publicado às 08:30

Dia da Mãe

por Saltita, em 06.05.12

«No momento em que uma criança nasce, a mãe também nasce. Ela nunca existiu antes. A mulher existia, mas a mãe, nunca. Uma mãe é algo absolutamente novo».

 

                                                                                                 Flor do J para a mãe

publicado às 12:40

Um dia normal

por Saltita, em 02.05.12

Fico presa no trânsito porque os cavalos do sr presidente estavam a passear na praça do Império, segue-se uma molha e a tentativa de animar 2 pessoas fechadas num elevador mediante a utilização de piadas secas. Isto tudo depois de ter acordado com o meu filho aos gritos porque estava uma "mosquita-abelha" no quarto por volta das 6 da manhã...

 

O dia continua e chega o técnico de informática. Diz o entendido que não consegue configurar um dos computadores por causa das muitas passwords. O homem entende-me: " Está a ver o que é viver com o meu marido? Ele artilha-me os computadores todos ao ponto de olharmos para a máquina e nos sentirmos transportados para a visão de alguém nos cuidados intensivos, rodeado de fios mas sem capacidade operacional". Acabámos por desistir e encontrar uma alternativa saudável. O técnico compreendeu a minha mágoa. Abençoado senhor!

 

No meio de tudo isto, claro que a vida resolve mostrar-se e alguém vem ter comigo lavada em lágrimas com uma história triste. Alguem perdeu marido, filhos, emprego, saúde. E as más opções do coração deixam um indelével remorso do que não deveria ter sido. 

 

Esta correria onde andamos. Este novelo de fios entrelaçados chamado vida. Esta que passa tão depressa e sem pressa leva todos os nós que de tão abraçados acabam por deixar de fazer sentido. Esta às vezes dá que pensar...

Que fique o registo de um dia normal.

 

nota: as pessoas do elevador foram resgatadas pelo corajoso homem das passwords...my husband que qual herói abriu com força bruta as portas do elevador e salvou as donzelas! ah leão!

 

 

 


publicado às 18:35

Staring at the sun

por Saltita, em 01.05.12

Sempre me disseram que faz mal olhar para o sol.

De que serve ter um sol se não podermos olhar para ele?

Já bastam os dias de Inverno e as noites que o encobrem.

A cegueira é sempre passageira

mas a cobardia dura para sempre.

Hoje vou olhar para o sol

e guardar na alma o calor de um desafio.

E a noite

quando vier

terá o calor de um astro escondido.

publicado às 18:04

Prateleira dos preferidos

por Saltita, em 01.05.12

 What makes you think I'm going to start now? 

publicado às 17:56



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D