Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O fim do Verão

por Saltita, em 31.08.11

Este ano tem sido diferente. Ao contrário dos anteriores passei mais tempo a trabalhar. Contudo, isso não me impediu de celebrar o final dos dias perfeitos. Passámos tempos com qualidade e ainda consegui cumprir a minha promessa de ir uma vez no ano a um sítio onde nunca estive. Foram tardes de sestas e manhãs de mergulhos. Houve areia nos cabelos e gelados de fim de tarde. Concretiza-se aquele sonho que é ver o meu filho crescer feliz e saudável. Beijinhos, abraços e a frase que me permite ir dormir com um sorriso no coração. O ritual de despedida nocturno consolida-se com um beijo e um "até amanhã, príncipe". Ele responde " até amanhã, princesa".

Foi doce este Verão. Foi emotivo e enriquecedor.

Não desisti dos meus sonhos e ao concretizá-los não deixei que eles desistissem de mim.

Agora vou ficar aqui um bocadinho a praticar a gratidão.

publicado às 22:24

Ponteiros parados

por Saltita, em 25.08.11

 

 

 

O tempo suspendia-se entre croissants de chocolate e trinas de maçã. As palavras e as ideias sucediam-se na altura em que ainda acreditávamos. No tempo em que não não sabíamos das conspirações do destino, porque de certa forma éramos invencíveis. E somos. A prova disso é que ainda falamos enquanto os outros vão e vêm. Um dia destes tu levas um livro do Bach e conversamos sobre o sentido das coisas. Mas só se prometeres que vamos mais cedo só para ver alguém chegar. Paramos os ponteiros e fazemos uma surpresa ao destino.

 

 

 

PS: Eu levo popias.

publicado às 17:43

Reabertura

por Saltita, em 24.08.11

Regresso ao meu blog com muitas histórias para contar. Esperem que vai valer a pena.

publicado às 22:52

Aviso

por Saltita, em 17.08.11

Por um período curto mas merecido.

Motivo:ataque de auto-estima da proprietária que resolveu não deixar para amanhã o que pode fazer hoje.

Até breve.

publicado às 14:30

Reflexões Pseudo-Metafísicas

por Saltita, em 16.08.11

A vida devia ser como a aldeia dos estrunfes e ter uns tapetes para podermos aumentar o nível de felicidade!

publicado às 02:04

Novo Vício

por Saltita, em 14.08.11

publicado às 23:07

Ao J

por Saltita, em 13.08.11

Espero que a vida te sorria, mesmo quando o sol se desviar de ti. Espero que encontres sempre a esperança em cada esquina do teu caminho. Espero que a música te acompanhe e que existam sempre melodias que te aqueçam o coração. Espero que tenhas coragem quando a vontade fraquejar e uma visão em jeito de mapa para o caminho que decidires percorrer sem bússola.Espero que tenhas a força para conquistar os teus sonhos e a coragem de dominar os teus pesadelos. Espero que tenhas sempre amigos para partilhar os bons momentos.Espero que sigas sempre a tua fé e a segures como uma lanterna nas noites escuras ou uma facho de luz acrescentado às sombras do dia. Espero que tenhas sempre a capacidade de sorrir.Espero que tires muitas fotografias dos teus momentos. Espero que encontres o amor. Espero que esse amor te encontre e nunca te deixe escapar.Espero que viajes muito. Espero ter feito o meu melhor para te ajudar a ser feliz. Espero que me recordes como alguém que merece ser lembrado e que tenhas sempre vontade de me abraçar. Espero que compreendas que o melhor testamento da nossa existência é o nosso exemplo de vida.Espero por ti.Espero merecer-te.

 

 

publicado às 19:46

A praia

por Saltita, em 13.08.11

nas águas onde não mergulhamos existe um sopro de vida que não demos

não vivemos aquele momento antes da vida entrar em nós

aquele exacto percurso de tempo em que não sabemos se vamos conseguir agarrar o sabor da existência ou viver sem ele

sem ar, sem sopro sem vínculo

agarramo-nos à suspeita que mereceremos viver mais um segundo

só para respirar de novo a vida

e a vida esquece-se desse nosso momento

e continua

como se o ar que lhe respiramos não lhe fizesse falta

 

não mergulhamos

mas estamos na praia

e é isso que importa

publicado às 13:29

Touchdown

por Saltita, em 12.08.11

publicado às 21:37

Tentativas

por Saltita, em 11.08.11

I'm stepping down.Slowly.

 

Down, but never really out.

publicado às 23:19

Pág. 1/2




Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D